Quando o próprio amor vacila

É um arrepio fixo na minha memória o dia em que, pela primeira vez, eu escutei esse texto. Tantos anos já. Eu estava na casa de uma colega da faculdade (oi, Monalisa!), organizando um trabalho em grupo — uma oficina pedagógica que temos que prestar no fim do curso. Estávamos escolhendo os textos que iríamos trabalhar na oficina quando Mona saca o Maricotinha ao vivo dela. Um CD de Maria Bethania. O CD de Bethania, na minha opinião.

Monalisa colocou  o CD nas faixas em que Bethania declamava no show. Para quem não sabe, a Bethania sempre faz isso, no meio do show ataa de intérprete e lança mão de um monte de poetas, de Vinícius de Morais a Fernando Pessoa, passando por muitos outros. E ela sacou esse Quando o próprio amor vacila. E eu, logo eu, que falo pelos cotovelos, joelhos e falanges fiquei ali. Arrepiada e muda. Arrepiada e muda porque, primeiro, isso não é uma voz. Isso é uma coisa inominável. Bethania não canta, não fala, enfeitiça. E isso não é um texto, isso é uma iluminação, uma pintura de Monet, é um soco que faz borboletas voarem nos estômagos. É uma revelação.

Ainda hoje quando eu escuto Quando o próprio amor vacila eu sinto que permaneci, desde então, completamente arrepiada com o que esse texto é. E até hoje não consegui descobrir de onde ele veio, embora eu saiba para onde ele me levou.  Dentro do mais profundo de mim, em silêncio.

A poesia, a grande poesia, faz a vida parar. E de repente, o mundo faz sentido. Porque eu sou do tamanho do que vejo / E não do tamanho da minha altura. É, eu vi. E continuo vendo.

Veja, sinta, seja, aproveite. Para ouvir em silêncio absoluto. De preferência de olho fechado. Clique aqui. Depois você me conta. Ou não. Guarde, bem guardado. Aliás, bem guardada. Quem sabe não é sua epifania também?

Precisa de mais? Aproveita e vê esse e esse.

Aproveite. Por para isso fomos feitos.

4 thoughts on “Quando o próprio amor vacila

  1. Olá Bianca…
    estava passeando pela net e achei sua página, muito interessante por sinal…queria ter tempo de fazer algo semelhante com meus alunos…
    Voce é professora de literatura para o Ensino Médio? Queria trocar algumas figurinhas e experiências….
    att,
    Vivian

  2. Bianca, a sua página é espetacular! Que coincidência maravilhosa, navegando sem rumo pela web encontrei seu post sobre o Barroco, que achei maravilhoso, mas o que arrebatou a noite foi esse áudio… Fiquei sem fôlego, sem palavras!! Bethânia consegue transformar um texto incrível em perfeição. Também sou professora, apaixonada por toda forma de arte, é um grande prazer encontrar pessoas que dividem esse mesmo sentimento!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s