Acabou-se o que era doce – Instruções para a nossa retomada

O ruim das férias é que elas acabam! O bom de elas acabarem é que eu revejo vocês! Tem gente que duvida, mas é sério: vocês são importantíssimos pra mim e eu amo muiiito tudo isso.! 😀

Mas como acabou-se o que era doce, vamos às nossas instruções práticas para as atividades do fim do trimestre, que alguns de vocês me pediram para postar aqui (muito justo, até porque alguns gripados foram mandados para casa e acho que teve gente que perdeu informações importantes).

Conteúdo da trimestral

  1. Barroco: contexto histórico; características; artes plásticas
  2. Pe. Antônio Vieira (tudo, inclusive o Sermão da Sexagésima, trabalhado na ficha 11 – posto o gabarito ao longo da semana)
  3. Gregório de Mattos (façam a leitura da Antologia Poética da FTD para a prova. De 60% a 70% das questões partirão de análises de textos dele).

Avaliação em construção

Como já tivemos duas atividades que somam até 6,0 pontos (o fórum, valendo até 2,0, e a análise de O quereres, valendo até 4,0), teremos mais uma avaliação valendo até 4,0 pontos. Esta avaliação será a apresentação oral em equipe de um sermão confeccionado por vocês a la Antônio Vieira. As equipes terão de 3 a 5 minutos para apresentar seu texto argumentativo, de tema livre. Vocês devem escolher um setor social, uma personalidade, uma organização (governamental ou não), um grupo social, enfim, qualquer ser público cujo comportamento vocês acreditem que não é correto. Como Vieira vocês devem argumentar, comprovando porque é errado o comportamento e orientando como este ser escolhido deve proceder.

Serão critérios de avaliação do trabalho de vocês:

  • Texto coerente
  • Apresentação clara
  • Originalidade
  • Obediência aos requisitos obrigatórios do texto
  • Apresentação dentro do tempo estipulado (de 3 a 5 minutos)

Requisitos obrigatórios

  1. Estrutura obrigatória do texto: introdução, invocação, desenvolvimento (argumentação) e conclusão
  2. Recursos linguísticos obrigatórios: citação (qualquer fonte); perguntas retóricas; antítese; comparação; reiteração

Vocês não precisam decorar o texto, podem ler, não há problema algum nisso. Quanto à performance, se joguem na criatividade: podem usar música de fundo, caracterizar personagens, enfim, o que puder ajudar a convencer/sensibilizar a plateia.

Equipes de 5 ou 6 alunos, entendido? Nada de 4, nada de 7.

Se alguma equipe for usar algum recurso audiovisual, precisa me informar com antecedência, para reservarmos.

As apresentações começarão no dia 17/08. As turmas que não tiverem aula nesse dia (ou nele e no dia 19/08) em virtude do calendário de provas começarão as apresentações na primeira aula que acontecer após essa data.

O sorteio da ordem das apresentações vai ser feito no dia. Então TODAS as equipes devem estar prontas na data da apresentação de sua turma.

Dúvidas, perguntas, questionamentos? É só comentar aí embaixo!

11 thoughts on “Acabou-se o que era doce – Instruções para a nossa retomada

  1. Bianca, veja, eu faltei eu aula de em que você explicou artes plástica, o que eu faço? porque eu não sei nem pra onde vai esse negócio de artes plásticas do barroco; procurei no livro e nada, bjs.

    • Malu,

      Comece pelo material de artes plásticas no Classicismo que já está no ar aqui no blog. Durante a semana eu vou postar um material sobre artes plásticas no Barroco. Estude por ele, ok?

    • Livia,

      Invocação, no sermão, é o momento em que o religioso pede ajuda a Deus, Jesus, Virgem Maria ou algum santo, para que suas palavras e raciocíno sejam iluminados e ele possa fazer um bom sermão.

      Como as temáticas de vocês não precisam se pautar em elementos religiosos, a invocação pode ser a qualquer um que poderia ter esse papel de auxiliar o discurso. Pode invocar quem você quiser, Chico Buarque, o Capitão Nascimento, João Grilo, Cosme Fernandes, as Meninas Superpoderosas… Vai da imaginação e da criatividade de vocês! Só tomem cuidado para essa personalidade invocada ficar de acordo com o texto, para ter coerência. Se vocês optarem por um texto sério, uma invocação cômica não fica coerente.

  2. Bianca,
    eu e o meu grupo vamos fazer o sermão sobre a bebida na juventude, dai eu queria saber se a gente podia fazer a invocação ás nós mesmos(jovens).

  3. ah biancameu esqueci de perguntar outra coisa. eu não entendi muito bem como eu posso fazer essa invocação,se tu pudesse explicar melhor,por favor.

    • Giorgia,

      Respondendo às duas perguntas de uma única vez…

      Quando Vieira fazia seus sermões, ele separava um momento, depois de apresentar o tema (exórdio) e antes de começar a argumentar (confirmação) para invocar o auxílio da divindade. Às vezes ele pedia diretamente a Deus, às vezes a Jesus ou a Maria. Fazia uma pequena oração (que também poderia se dirigir a algum santo). Esse pedido era para que a divindade o auxiliasse, que suas palavras fossem claras e ele conseguisse encaminhar os fiéis para o caminho correto (ou que, pelo menos, ele julgava correto).

      Por isso, eu acho que não fica muito coerente vocês invocarem a si mesmos. Mas podem fazer uma invocação generalística, que não precisa ser uma coisa necessariamente religiosa. Algo do tipo “que as forças do bem…” ou “que o espírito de alegria e juventude daqueles jovens que” (e usar uma referência a um exemplo a ser seguido, ou alguém que poderia ser uma boa referência do que acontece com essa juventude. São algumas ideias!

      Ah! Adorei o tema de vocês!! Acho que tem gente que está precisando ouvir um sermãozinho sobre isso mesmo!! Não quero me meter na vida dos outros nem dar sermão :P, mas (falo de uma maneira geral, a juventude como um todo, nenhum caso específico, até porque não conheço) tem muita gente errando a mão por aí e exagerando mesmo!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s